A DISTRIBUIÇÃO DE FILMES NO MERCADO DE CINEMA AMERICANO

Por: Thaynam Lázaro Silva

Hollywood mantém-se desde o princípio da história do cinema como a grande meca de produção de filmes no ocidente, sua hegemonia é indiscutível e seus filmes alcançam públicos cada vez mais distintos. Mesmo com o cinema ainda hoje sendo considerado um negócio arriscado, as grandes produtoras americanas continuam lucrando ano após ano. Diversos fatores contribuem para que este mercado siga sendo um dos maiores do mundo. Um deles é o total domínio do mercado de distribuição de filmes, seja dentro dos Estados Unidos, ou mundo afora.

 O mercado de produção e distribuição de Hollywood é dominado por poucas corporações que controlam a maior parte dos filmes comercializados. São as chamadas Majors (Warner, Fox, Paramount, Universal, Disney, Columbia, etc.), estas são as maiores empresas de entretenimento no mundo, que possuem uma vasta gama de meios de vinculação de filmes. Estas empresas não se atem apenas ao mercado de distribuição em salas de cinema, seus lucros vêm dos mais diversos meios de entretenimento, como games, TV, revistas, home vídeo, parques temáticos, etc.

 São estas companhias que controlam o mercado de distribuição mundial, além dos Estados Unidos, elas estão presentes em vários países do mundo, como no Brasil, onde também conseguem manter sua hegemonia no setor local. São elas que escolhem a data de lançamento do filme, formato de lançamento (película, digital, etc.), onde o filme será lançado e qual o alcance que ele tomará, muitas vezes também são responsáveis pelo material de divulgação e marketing, como pôster e trailers. São empresas com muitos anos de experiência no negócio e que mantém este conhecimento sobre o que é melhor para o filme ser o mais lucrativo possível.

 Em Hollywood é muito difícil um filme comercial sair do papel sem antes ter conseguido um contrato com uma empresa de distribuição. Muitas vezes estas empresas mantém total controle sobre a produção de um filme (os chamados filmes de estúdio), e às vezes podem também deter o poder de ordenar mudanças de roteiro, atores, diretores, etc. Muitas vezes  é também a distribuidora que detém o controle sobre o corte final do filme.

 Talvez o maior fator que contribui para que estas empresas sigam no topo do mercado de distribuição de filmes seja a diversificação de seu mercado de atuação.  Um grande filme hoje não lucra apenas com a bilheteria da sala de cinema, uma grande distribuidora tentará distribuir a marca do filme em diversos produtos comercializáveis, em Hollywood um contrato completo de distribuição já deve conter todas as maneiras que o filme será comercializado. Exemplo: o filme será lançado em um determinado numero de países, e em um determinado numero de salas, alguns meses depois também será lançado em home vídeo, um jogo baseado no filme poderá ser produzido, e após as primeiras semanas de lançamento em vídeo o filme passará em tais canais de TV. Todas estas camadas de exibição geralmente são controladas por uma só Major, e tudo isto é comumente planejado antes mesmo da produção do filme em si, desta forma estas empresas podem controlar vários aspectos do filme, visando a melhor maneira de lucrar com determinado produto.

 Muitas destas empresas estão atuando em Hollywood desde os anos 50, foi quando grandes corporações começaram a controlar vários setores de mídia nos Estados Unidos, e o mercado do entretenimento começou a se tornar mais sólido e diversificado. Foi também por volta desta época que o lançamento de filmes sofreu uma drástica mudança, visando o lucro e mais segurança para o negócio.

 Antes das grandes empresas crescerem e se consolidarem os filmes eram comumente lançados em poucas cidades do país, era muito caro produzir várias cópias da película ao mesmo tempo e coordenar o lançamento simultâneo em várias salas. Um filme era geralmente lançado em uma grande cidade e aos poucos ia viajando por outros locais do país e do mundo. Isto poderia ajudar ou afundar totalmente a bilheteria do filme. Um lançamento que era sucesso em Los Angeles poderia ser um total fracasso em Nova York algumas semanas depois, poucas produções conseguiam fama suficiente para se garantir como um sucesso hegemônico, e muitas vezes o atraso no lançamento poderia custar ainda mais às distribuidoras.

 Foi com o crescimento destas grandes empresas que o intervalo entre as datas de lançamento do mesmo filme foi sendo reduzido, porem o lançamento em datas separadas se tornou algo muito arriscado e se mostrou ineficaz com o tempo. Se a bilheteria do filme fracassasse na cidade em que fora estreado o risco de também fracassar em outros mercados nacionais era ainda maior.

 Para as empresas era melhor segurar o filme para uma determinada data de estreia e preparar o seu lançamento simultâneo em todo mercado nacional, assim elas poderiam garantir a bilheteria de estreia em todos os locais que o filme fosse ser exibido. Ainda hoje, o grande momento que é decisivo para o sucesso de um filme é o primeiro final de semana após a sua data de estreia, é geralmente neste curto espaço de tempo que o filme alcança o seu pico em arrecadação diário.

 O crescimento do lançamento simultâneo no mercado internacional também é algo vindouro do alcance internacional que as Majors possuem hoje. Atualmente um filme é lançado na mesma data em vários países do globo, possibilitando um aumento significativo nos números de arrecadação de bilheteria. Outro fator facilitador para a distribuição internacional de filmes é o cinema digital, este proporciona maior mobilidade, segurança, flexibilidade, durabilidade, e as cópias podem ser feitas com um menor custo se comparado a película.

 O número de players também se diversificou, hoje serviços como o Netflix e Video On-Demand também figuram em contratos de distribuição de filmes e começam a ter uma importante contribuição em seus números de arrecadação.  E assim as grandes majors seguem crescendo cada dia mais, com alguns de seus setores lucrando mais que outros, mas sempre na tentativa de ampliar e diversificar o mercado de filmes e de diversas outras formas de entretenimento.  É com o acumulo de capital, e de serviços especializados, que Hollywood segue ainda mais forte e hegemônica.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s